quarta-feira, 12 de março de 2008

Estados de Espírito


Há dias não. Há dias sim. As vezes sinto-me útil e sei que sou alguma coisa. Há outras vezes em que me sinto inútil e sem qualquer valor. Sinto-me sozinha no meio da multidão. Para que servem os "amigos", ou pelos menos aqueles que estão á nossa volta, se depois são aqueles que nos atraiçoam. Mas afinal qual é o verdadeiro significado da amizade? E quem são os verdadeiros amigos?
Por vezes sou eu que me isolo, porque preciso do meu espaço, mas depois quando quero sair sinto-me ainda mais isolada. Acabo por sair sozinha.
Tenho dias sim. Mas estes dias que passaram foram dias não. Não me apetece fazer nada. começo a pensar na minha vida que podia ser melhor, no meu trabalho que podia ser melhor pago ( afinal tira-se um curso superior para quê?Para ganhar só 500 euros?)que as criacinhas que tenho que aturar que podiam nao ser tão "burras" nem mal educadas, a minha casa que podia ser melhor.... às vezes sinto-me impotente.
Tenho milhares de ideias, de sonhos, mas sei que apenas vou concretizar uma pequena parte. E os meus sonhos até nem são impossiveis. A sociedade é que os torna impossiveis. Mas não vou desistir.
Tenho a impressão que o mundo á minha volta não me compreende...

9 comentários:

Gabriela... disse...

Sabes, não imaginas o quanto eu me revi nas tuas palavras. Ao ler parecia que tinha sido eu a escrever essas palavras. Eu utilizo muito a expressão "tem dias que sim tem dias que não"... nos últimos tempos tenho andado nuns dias +/-.
Não é que tenha desistido dos meus sonhos para ser feliz, simplesmente adaptei-me. Mandei lixar o curso e fui trabalhar noutra área (um pouco mais bem paga do que a para a qual estudei) mas que me dá garantias de conseguir ir concretizando alguns dos meus sonhos. Não sou tão exigente com a vida e parece que tudo corre melhor.
Tenho uma casa que encaixa no que eu preciso agora e tenho nos planos mudar um dia para uma moradia com imenso terreno para ter uma centena de cães (heeheheh).
Mas por vezes parece que só me debato com contrariedades e que o mundo está contra tudo aquilo que desejo fazer.
Mas não será essa a maneira dele de nos fazer esforçar para dar mais alegria quando conseguirmos alcançar algo?
Força e vais ver que para a semana tudo corre melhor... se quiseres falar diz!!
gabriela_oliveira14@hotmail.com
Jinho enorme
Gaby

Isália disse...

O que é isto mana!? Nem acredito no que acabei de ler...Que negativismo é este? Mas no entanto compreendo-te, a tua vida não tem sido nada fácil, mas há que não desistir. Os teus sonhos não são impossíveis, somente são mais dificeis quando se está a remar contra a maré sozinha...e sabes do que estou a falar. Eu estou como estou porque fomos dois a remar e estamos a remar juntos contra as dificuldades e que os nossos sonhos possam ter...porque se fossem faceis de atingir não seriam sonhos...sonhos são algo inatingivel ou dificil de alcançar. Uma coisa é certa, todos mudamos de vida, todos temos os nossos dias não, e com isso isolamo-nos um pouco, os amigos esquecem da nossa existencia...e nós até podemos esquecer da existencia deles...e às vezes pensamos se eles não dizem nada nós também não e vamos adiando...se calhar uma simples mensagem ou toque mudava muita coisa...Mas sabes que há pelo menos uma pessoa que está sempre lá e que se lembra de ti ou nunca te esquece, mesmo sem toques ou mensagem...sabes que ela está sempre lá e sempre cá...ela mais do que ninguém te conhece e te compreende.. jocas e força

Rosa disse...

Ai amiga, como te compreendo. O que sentes é o que sinto. Como eu costumo dizer, há dias difíceis, dias muito difíceis e dias de grau sete. Nós tentamos não desanimar, mas nem sempre é fácil, nem sempre conseguimos abstrairmos-nos dos problemas que nos cercam. Temos estado longe, a vida afastou os nossos caminhos, mas estás cá dentro, num cantinho especial do meu coração, junto com todas as coisas boas que vivemos juntas. Como eu tenho saudades do teu sorriso, do teu verdadeiro sorriso, aquele da Tita, da minha Tita. Força, melhores dias virão.

conchita disse...

Dá graças a "Deus" (se é que ele existe) por teres ao menos um emprego, hoje em dia ter um emprego certo é um milagre; mas compreendo-te perfeitamente, neste país não há oportunidades e esta cada vez pior!!
Beijos e sinceramente desejo que um dia os teus sonhos se realizem!!

MC disse...

Olá Márcia!!!
As tuas palavras fizeram me relembrar que também tive e às vezes ainda tenho dias não, faz parte da vida, desilusões com pessoas que pensávamos ser nossas amigas, injustiças, pessoas que parecem só estar felizes quando nós nos damos mal, etc.
Pois é, a vida é complicada, por isso são os nossos sonhos e objectivos que nos mantêm, não deixes que destruam os teus sonhos, pois são eles que alimentam o espírito e nos faz pensar que afinal a vida pode valer a pena!
Luta pelos teus sonhos e objectivos, pois um dia vais alcança-los e a partir dai serão só dias sim!!
Beijocas e bom fim de semana, os dias não são todos iguais, amanhã é um novo dia e talvez já consigas ver algumas coisas positivas neste que já passou, a vida é um curso e cada dia vamos tirando cadeira, ou seja aprendemos sempre algum com as coisas que passamos, sejam estas boas ou más!!!
Beijocas fica bem!!

Mena disse...

Olá!
Passei para te desejar um bom fim-de-semana e para dizer que te deixei um desafio no meu blogue. Passa por lá! Depois passarei de novo por aqui para ver as tuas respostas.
Bj
Mena

*Artes da Sereia* disse...

Olá Querida
Ja sairam os resultados da minha troquinha:)
beijitos

Beth disse...

Olá Tita!
Entendo o que sentes, mas são fases que passamos...Não se deixe abater, pelo que vejo há muitas pessoas que te amam...
Beijinhos

Ah, respondi seu desafio.

maria-joão disse...

Dias melhores virão, sem dúvida.
Que venham depressa.